Quinta, 07 Junho 2018 00:00

Vivenciando a Copa 2018 nos condomínios

Escrito por 

200 milhões de pessoas estarão na torcida pelo Brasil na Copa da Rússia 2018! A seleção brasileira estreia dia 17/06, contra a Suíça, e o clima começa a esquentar. Saiba como os condomínios devem se preparar.

Com a proximidade da Copa 2018 da Fifa, alguns síndicos já começam a se preocupar em como lidar com os moradores mais exaltados, especialmente para os dias de jogos da seleção brasileira. O síndico tem que observar que, mesmo sendo uma festividade, os condomínios possuem regras e deve haver bom senso dos dois lados para garantir a festa sem causar transtornos e conflitos. Seguem algumas sugestões.

Bandeiras nas janelas e varandas

No caso da fachada dos apartamentos, recomendo adotar algumas medidas para os moradores, como permitir a colocação de bandeiras nas sacadas, desde que a mesma seja retirada em até no máximo cinco (05) dias após o termino da Copa, medida, no entanto, que deverá ter aprovação da assembleia.

Fogos de artifício

É importante também lembrar dos fogos de artifício, onde, no município de São Paulo, desde a publicação, no Diário Oficial de 24 de maio, estão proibidos fogos que produzam barulho. Mas esperamos a conscientização e colaboração dos moradores em não os utilizar.

O uso destes artefatos pirotécnicos com efeito sonoro pode causar acidentes graves, como atingir outros apartamentos e janelas, além de pessoas, e causar barulhos excessivos para crianças, idosos e animais domésticos.

Hoje, nos condomínios, praticamos a socialização e integração dos moradores, assim como também procuramos contagiar a todos com esta festividade, no entanto, temos que respeitar as pessoas que não participam dos eventos ligados ao futebol.

Torcida unida no salão de festas/churrasqueira

Então, para os torcedores, os condomínios podem disponibilizar telão ou até mesmo uma televisão grande no salão de festas e convidar os moradores para acompanhar juntos os jogos da seleção brasileira; é uma medida que costumamos adotar. Alguns condomínios possuem cinema, na qual disponibilizamos para a coletividade a possibilidade de se confraternizar nestes dias. Como síndica, gestora e consultora, acredito que para um condomínio virar um lar, temos que cuidar da socialização e interação dos seus ocupantes.

Barulhos excessivos nas unidades

De outro lado, em relação aos barulhos excessivos nas sacadas, colocamos avisos de alerta nos elevadores de que neste item é preciso cautela, os vizinhos devem ser respeitados, pois não sabemos se ao nosso lado vive uma pessoa acamada, um recém-nascido, um idoso ou, simplesmente, uma pessoa que precisa descansar de sua jornada de trabalho.

Segurança patrimonial

Por fim, no quesito segurança, esse momento de festividade em torno da Copa exige atenção, uma vez que a rotatividade de visitantes aumenta e o gestor deve ter o controle dos espaços e garantir a proteção dos moradores. A medida que costumamos aplicar em relação à segurança é exigir de todos os condôminos a lista de presença de seus convidados, que precisa ser entregue na portaria ou comunicada nos aplicativos dos condomínios que dispõem desse tipo de sistema de acesso.

Ainda falando deste tópico de segurança, temos que mencionar os funcionários do condomínio, onde a atenção deve ser redobrada, pois sabemos que hoje existem celulares com televisão e sites que transmitem ao vivo. Devemos proibir qualquer tipo de eletrônico e solicitar ao porteiro e controladores de acesso que a atenção seja voltada para a portaria, uma vez que criminosos utilizam os dias de mais rotatividade de visitantes para invadirem os prédios.

Com certeza, os dias de festividades em torno da Copa representam um momento único da sociedade brasileira, de interação entre os moradores, mas eles devem demonstrar e praticar o respeito ao próximo.


Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.

Fernanda Françozo da Silva

Síndica profissional e gestora da FFS Consultoria Condominial. Graduada em Tecnologia e pós-graduada em Gestão de Pessoas e Processos, atua também como palestrante.
Mais informações: fernanda@ffsconsultoria.com.br