Tecnologia na administração condominial: um pouco de história

Escrito por 

Os computadores entraram na administração condominial na década de 1970, mas a massificação ocorreu anos depois, por exemplo, com as prestações de contas e boletos das cotas condominiais sendo impressas nas barulhentas impressoras matriciais.

Com a Internet, nos últimos 20 anos, a tecnologia vem melhorando a vida das pessoas e empresas. Inovadores serviços digitais impactaram profundamente a forma como vivemos e nos relacionamos, e na área condominial a tecnologia trouxe muitos avanços na administração e operação dos condomínios.

Se antes era necessário receber o boleto impresso e fisicamente ir até um banco para pagá-lo, hoje é possível receber uma notificação em nosso smartphone e simplesmente agendarmos ou confirmarmos o pagamento com nossa impressão digital.

Praticamente todas as administradoras profissionais de condomínios possuem um site e principalmente um portal com informações e serviços digitais para seus clientes.

Já é comum as pessoas resolverem boa parte das suas atividades diárias (banco, táxi, delivery etc.) através de aplicativos instalados em seus celulares. E muitas administradoras já têm seu próprio aplicativo, melhorando a transparência e ajudando mais seus clientes condominiais.

Em relação às deliberações dos condôminos, um serviço digital interessante é a Assembleia Online, que permite uma maior participação de todos nas discussões sobre seu patrimônio imobiliário e contribui para a melhoria da gestão condominial. Assim como as redes sociais mobilizam as pessoas em prol de causas relevantes, este serviço digital democratiza as discussões e viabiliza maior participação nos assuntos do condomínio. E ainda facilita a vida dos gestores em assuntos que exijam grande quórum, pois permite que qualquer condômino participe das discussões a qualquer hora e em qualquer lugar onde esteja.

Serviços digitais ajudam a melhorar a operação de um condomínio, como, por exemplo, empreendimentos que possuem uma Portaria Online, onde os moradores, através de um aplicativo ou site do condomínio deixam autorizações para entrada em suas unidades, consultam o horário de chegada e saída de prestadores de serviços, enviam e recebem mensagens em tempo real, solicitam reservas  dos ambientes (salão de festas, churrasqueiras etc.) e muitas outras possibilidades que um empreendimento digital proporciona através da tecnologia.

Além disso, a tecnologia permite ao síndico ter uma gestão melhor, com mais segurança e redução de custos, como, por exemplo, através da Portaria Virtual, onde para alguns condomínios com perfil, esse tipo de serviço pode ser prestado remotamente, com significativa melhora na qualidade da proteção e também otimização dos custos condominiais.

Enfim, com o acelerado desenvolvimento tecnológico, espera-se que mais serviços e conveniências ajudem a melhorar o trabalho e a vida condominial. E que as administradoras e síndicos, para melhorar a gestão e operação condominial, continuem aplicando tecnologia, hoje e sempre.

Marcelo Okuma

Empreendedor apaixonado pela vida e tecnologia, em especial, para administração, operação, proteção e automação condominial. Empresário há 23 anos do setor de desenvolvimento de softwares, 18 dos quais para condomínios. Graduado em Administração de Empresas e pós-graduado em Negócios Imobiliários.
Mais informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.