Mediação de Conflitos

O advogado Michel Rosenthal Wagner (foto ao lado) pega emprestado o mote da “paz social”, utilizado pela sua colega Ana Luiza Pretel em um trabalho de conclusão de curso de pós-graduação, como grande razão para justificar que os profissionais e os próprios condomínios se empenhem no uso dos métodos alternativos de soluções de conflitos. “Mas as pessoas [partes] têm que querer”, ressalva.

O advogado Cristiano De Souza Oliveira, consultor e um dos pioneiros na área do Direito Condominial, responde, a seguir, como os síndicos devem arbitrar eventuais situações conflituosas que envolvam crianças e adolescentes nos condomínios.

Ainda repercutindo a morte de três pessoas no final do mês de maio, após discussão em um condomínio na região do Tamboré, em Santana do Parnaíba, Grande São Paulo, a Direcional Condomínios publica a seguir a entrevista com o especialista.

Psicólogo especializado em conciliação e mediação de conflitos em organizações privadas, Hernan Maximilian De Villar aponta os condomínios como potencialmente problemáticos porque "existem pessoas convivendo obrigatoriamente com outras, mesmo que não queiram". A alternativa, então, é buscar sedimentar uma cultura democrática, algo ainda novo no Brasil, diz. "Somos uma sociedade muito narcísica, ensimesmada, ligada nas próprias coisas e pouco atenta ao coletivo. E aí, quando entra uma situação envolvendo poder ou a necessidade de lidar com o diferente, as pessoas levam tudo para o campo pessoal", analisa Hernan.

A advogada Ana Luiza Pretel apresenta no quadro abaixo dicas aos síndicos e síndicas para resolver os atritos com o auxílio da mediação de terceiros, evitando os desgastes da via judicial.

1º Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de São Paulo
Rua Barra Funda, 930, 2º andar,
Atendimento: de segunda a sexta-feira, das 9h às 17 horas

Conheça a mediação, uma alternativa às vias judiciais para solucionar conflitos envolvendo condôminos, que evita o desgaste nos relacionamentos.

Há outra via para resolver os conflitos corriqueiros dos condomínios. Saiba mais sobre a mediação.