Pára-Raios

Síndicos deverão adequar SPDA à nova norma - ABNT NBR 5419:2015, bem como inserir novos dispositivos de proteção (MPS).

A norma relativa ao Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA), a NBR 5.419/2015 (da Associação Brasileira de Normas Técnicas), recebeu atualização em maio de 2105 e incorporou mais quesitos de avaliação de segurança. "A nova estruturação tornou a norma mais completa e detalhada, o que aumentará a segurança das edificações", avalia o engenheiro Ayrton Barros, da área de perícias e segurança do trabalho. Segundo ele, os síndicos terão que fazer algumas adaptações, conforme resume a seguir.

A ABNT estuda a atualização da norma técnica para o Sistema de Proteção Contra Descarga Atmosférica (SPDA), a NBR 5419:2005. Ela trata dos para-raios. Mas enquanto novos parâmetros não chegam, é importante entender como funciona o atestado de medição ôhmica do SPDA, conforme explica o engenheiro eletricista Edson Martinho.

As partes mais visíveis do sistema contra descargas atmosféricas estão localizadas no topo dos edifícios. Entretanto, uma parte "invisível", enterrada no solo, também compõe a proteção das edificações e deve receber cuidados.

Saiba que o para-raios não protege aparelhos eletro-eletrônicos. Porém, é importante ter um equipamento correto para garantir a segurança do prédio e dos moradores.

Todo mundo diz que um raio nunca cai no mesmo lugar. A probabilidade é mínima, mas ninguém pode negar que ele cai e com uma tensão bem alta – pode chegar a 300 mil ampéres, segundo o pesquisador do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Evandro Ferraz. Ele afirma que estudos apontam um aumento da incidência de raios nos centros urbanos. “O calor, as áreas de concreto e a altura das edificações têm provocado um crescimento significativo das descargas elétricas. Antes, os raios caíam em montanhas. Agora, eles encontram os prédios no caminho”, revela Ferraz. Já que não se pode evitar, a alternativa é instalar pára-raios. Eles interceptam os raios e levam a corrente para o solo por meio de fios-terra.