Quinta, 13 Julho 2017 00:00

Reformas e serviços no condomínio: Cuidados básicos em fachadas e uso de escadas

Escrito por 

A cultura da segurança ainda é pouco presente quando ocorrem serviços e obras em residências e condomínios, ela não se apresenta junto aos moradores nem aos síndicos, apesar das inúmeras normas estabelecidas no âmbito do Ministério do Trabalho e Emprego, bem como da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Um dos principais problemas é a demanda pelo típico funcionário faz-tudo ou quebra galho, além da ausência dos EPI (Equipamentos de Proteção Individual) e de profissionais especializados em segurança para dar suporte a obras de maior porte.
Não raro, falta também a contratação do seguro de responsabilidade civil.

É fundamental, principalmente aos síndicos, dar atenção aos aspectos de segurança - relacionados abaixo neste texto - na hora de contratar serviços de manutenção e conservação em obras de fachada. E que esses serviços tenham o respaldo de um engenheiro, profissional que ajudará nos orçamentos, projetos, na execução e fiscalização de qualquer obra, mesmo que de pequeno porte. É muito importante contar com um responsável técnico e com o respaldo da deliberação em assembleia de tudo o que diz respeito ao condomínio.

Portanto, entre os cuidados a serem tomados se encontram:

- Em obras de fachada

1 – Assegurar que haja uma previsão de fixação de equipamentos de segurança. Em prédios mais novos, esses elementos já estão presentes, mas é preciso verificar;

2 – Tomar cuidado ao fixar andaimes, fachadeiros, cadeirinha e corda de rapel. Quando há coberturas de unidades autônomas, o problema fica pior;

3 - Quando os vidros são projetantes, é necessário avisar a todos que serão executados serviços e evitar que sejam abertos;

4 - No térreo, deve haver um cuidado redobrado para proteger as passagens, evitando que algum elemento utilizado durante os serviços atinja pessoas, pois as telas não são muito seguras em alguns casos;

5 – Cuidado ao transportar e armazenar o material a ser utilizado na obra. Por exemplo, a laje tem uma capacidade limite para peso por m², é preciso evitar sobrecarga na hora de guardar os materiais.

- Uso de escadas de abrir ou encostar

1 - Sempre ter mais uma pessoa no pé das mesmas;
2 - Os degraus devem estar entre 25cm a 39cm;
3 - As únicas, ditas de encostar, com no máximo 6,00 ml de altura, sendo mais 1,00 ml só no topo (acima do último degrau)
4 – Assegurar apoio adequado na base.

- Andaimes

1. Obedecer à norma NR 18 até a NR 35, Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego, bem como à Lei 6.514/1977, que atualiza os dispositivos de Segurança e Medicina do Trabalho junto À CLT, além de portarias posteriores.

Andaimes afixados para serviços de fachada

Exemplos de coberturas ocupadas nas edificações

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.

Roberto Boscarriol Jr.

Graduado em Engenharia pelo Instituto Mauá de Tecnologia. Formado em 1972, atua desde essa época na área da Construção Civil, tendo construído um milhão de metros quadrados nas áreas industriais, comerciais, escolares e residenciais, acumulando grande experiência na análise de propostas e gestão de obras. No espaço de sua coluna, o articulista irá abordar os vários aspectos da manutenção necessária nos prédios, com dicas, comentários e sugestões.

Mais informações: boscarriol@pbr.com.br