Terça, 15 Outubro 2019 00:00

Os desafios da gestão em condomínios e o papel da mediação

Escrito por 

O condomínio não deixa de ser um sistema que possui suas regras, condições de vivências mútuas e diárias entre moradores e pessoas que o integram.

Porém, conviver com diversidade de pensamentos e atitudes, tão peculiares da condição humana, nos leva a refletir: Como respeitar a individualidade do direito de propriedade e, ao mesmo tempo, respeitar a coletividade de um Regulamento Interno que simplesmente, uns dependem dos outros para viver e conviver?

Esta é uma linha muito tênue e passível de interpretações subjetivas, tornando difícil, muitas vezes, a compreensão por todos os envolvidos. Cada situação acontece em um momento, de uma forma, vista de ângulos diferentes e, situações como - fechamento e execução de um contrato; aluguel do salão de festas para a festa do pijama; ou estacionar de forma irregular o carro na garagem - viram questões altamente complexas, com discussões muitas vezes extremamente acaloradas, e que podem acontecer no hall de entrada do condomínio.

O síndico deve ficar distante da situação de conflito. Tentar resolver o que aconteceu, muitas vezes, pode colocar em risco a sua competência e, consequentemente, a sua boa convivência, se morador for. O mediador é o profissional que poderá ajudá-lo quando essas situações difíceis surgirem. Ele pode transformar relações conflituosas em pacíficas, já que estas relações muitas vezes são contínuas e diárias. O objetivo é fazer com que haja o respeito mútuo através da revalorização e do reconhecimento de um para com o outro. Respeito à cultura, à crença e ao pensamento individual de cada unidade condominial.

A mediação se torna uma poderosa ferramenta de ganhos mútuos, com baixo custo, e extremamente rápida de resolver conflitos condominiais. A transformação acontece de forma cultural, educativa, social, comunitária, institucional.

É possível mudar/transformar um sistema conflituoso/adversarial, em um sistema pacífico/não adversarial, por meio da mediação.

Está esperando o quê?


Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.


Ana Virginia Natrielli Cruz de Sillos

É advogada e mediadora, titular do Instituto de Mediação Imediate.
Mais informações: www.imediate.com.br