Segunda, 26 Julho 2021 01:23

Sauna em condomínio, como renovar este espaço de lazer gastando pouco?

Escrito por

Um síndico presente estará sempre atento em sua gestão àquilo que puder melhorar.

A sauna em condomínios esteve em moda nos empreendimentos da década de 90, valorizavam os edifícios na hora da compra, até porque sauna só havia em clubes, então, trazer este conforto para os lares era o auge. A moda ficou um tempo sumida, mas agora retorna aos novos empreendimentos.

Seca ou úmida, a sauna traz muitos benefícios, como redução de riscos cardiovasculares, melhora do humor, do estresse e da função cerebral, além de promover um excelente relaxamento após um longo de dia de trabalho.   

Com o passar dos anos, em vários edifícios, a sua manutenção foi deixada de lado, o uso diminuiu e a sauna, em alguns casos, deixou de existir, sendo o local reaproveitado para outros fins.

Eu mesma já vi este espaço virar de tudo, desde depósito, cantinho de achados e perdidos, quarto da poeira, local de armazenamento de material de reforma de unidade etc., ficando na fila para uma possível reforma “um dia desses” ou deixada de lado para o próximo síndico.

Quando assumi a gestão do edifício onde atuo hoje, a sauna possuía uma única espreguiçadeira com a rodinha quebrada, uma lâmpada fria bem no centro da sala e um piso que mantinha o ambiente com aspecto de malconservado, escuro e algumas peças fofas. A ducha circular mantinha seus parafusos de sustentação na base enferrujados e a torneira emperrada. Por um acaso você se identifica com alguma imagem semelhante? Enfim, um descaso com o patrimônio!

Levei ao Conselho a proposta de melhoria do ambiente, que rapidamente concordou em fazer os reparos. Não foi necessário levar a medida para deliberação da assembleia, porque fazia parte de uma manutenção e não de uma modificação de destino de área. Financeiramente, o edifício possuía caixa para tal serviço, então, com dedicação e pouco custo deixamos a sauna como nova.

Fizemos a troca da lajota cinza por uma cerâmica rústica bem clara, nas paredes da sala de descanso colocamos uma tinta bege com alguns enfeites de palhinha. Encontramos mais duas cadeiras guardadas, que também estavam com as rodinhas quebradas, fizemos o restauro e incluímos colchões decorativos para dar um pouco de cor e alegria ao ambiente. O teto de gesso foi mantido, apenas incluímos novos pontos de iluminação com lâmpadas de led amarela de embutir.

Imagens do antes e depois da sala principal da sauna


Antes

Sauna antes da reforma

Depois

Sauna depois da reforma

Fotos Cristiane B. Reis

Demais reparos

Na sauna úmida, a ducha circular estava em sua maior parte entupida, as passagens de água com pontos de ferrugens e a torneira dura. Alguns azulejos das paredes, tanto do box como do banheiro, apresentavam trincas devido à movimentação natural da edificação de 30 anos e o final da vida útil de algumas peças gerando um aspecto de abandono. Como no depósito do condomínio, além das duas cadeiras, tinham azulejos da época da entrega do edifício, aproveitamos os revestimentos para repor as peças danificadas que foram removidas artesanalmente. A porta de madeira da sala da sauna estava precisando de um bom verniz antichamas para restauro.

As paredes, além da reposição de algumas peças trincadas no revestimento, receberam a reposição de rejunte branco, a troca da cuba e da torneira. No box, também fizemos o mesmo tratamento nas paredes e a toca do piso, mas a melhor atenção foi com a ducha circular. Uma nova hoje em dia está avaliada em quase R$ 5.000,00, resolvemos, então, restaurar e dar uma chance, até porque essa ducha foi pouco usada.  Desmontamos e limpamos todas as saídas e demos um tratamento com limpa inox, ficou nova e funcionando perfeitamente.

As instalações elétricas e o próprio aquecedor da sauna receberam limpeza e manutenção de empresa credenciada. Assim como qualquer área de lazer, as regras de uso foram registradas para a conservação da área.

Para finalizar, a restauração da sauna trouxe a satisfação dos condôminos em ter mais uma área de lazer que estava desativada por falta de manutenção no condomínio, agregando com isso a conservação e a valorização do patrimônio. Um síndico presente estará sempre atento em sua gestão àquilo que puder melhorar.


Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.


Cristiane Bittencourt Reis

Síndica profissional em São Paulo, tem formação na área pela Gabor RH. É graduada em Comunicação Social, com MBA em Recursos Humanos pela USP e educação continuada em Finanças, RH e Administração pela FGV. Tem 20 anos de experiência na área administrativa em empresa privada e é sócia da Ruffino & Alvim Empreendimentos e Administração de Imóveis. Possui ainda cursos de Gestão em Qualidade de Vida pela FEA-USP PROGEP, Administração de Conflitos e Qualidade Máxima no Atendimento ao Cliente, os dois últimos pelo Sebrae.
Mais informações: cristianesindica@hotmail.com.


Anuncie na Direcional Condomínios

Anuncie na Direcional Condomínios