Tratamento de piso: superfícies renovadas funcionam como cartão de visitas do prédio

Por

Confira!

AGILIMP

Com 15 anos de experiência, a Agilimp está oferecendo aos condomínios uma promoção especial: os orçamentos solicitados e aprovados para serviços com início nos meses de janeiro e fevereiro de 2015 terão 30% de desconto, anuncia o diretor Sílvio Roberto do Carmo. A empresa faz polimento e restauração de granilite, mármore, ardósia e pisos frios, além de trabalhar com fachadas. No polimento do granilite, por exemplo, executa o serviço sem o uso de produtos químicos, à base de água (sem levantar pó). Seus profissionais são qualificados, dão garantia e cumprem com os prazos acordados.

Fale com a Agilimp:
11 – 5814-7709 / 5812-7458
www.agilimp.com
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

MAX PISOS

O uso de técnicas inovadoras é o foco da Max Pisos, criada há cinco anos por Marcos Bezerra de Menezes para recuperar superfícies de concreto e demais variedades de pisos cimentícios em calçadas, garagens, quadras etc. “Fazemos substrato, nivelamos e damos acabamento mecânico”, preparando a área para receber revestimentos diversos, explica. Outra especialidade da Max Pisos encontra-se na correção de superfícies sintéticas que sofrem com “bolhas de osmose”, as quais resultam “da pressão hidrostática exercida pela terra que fica abaixo do concreto”. A Max Pisos atende de condomínios a construtoras e fabricantes.

Fale com a Max Pisos:
11 – 4043-6306
www.maxpisos.com.br
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

RESINA ECOLÓGICA

Raspagem e aplicação de resina, em decks e assoalhos, e polimento de superfícies em granilite, mármore e granito, representam o carro-chefe dos serviços prestados pela Resina Ecológica. A empresa trabalha ainda com limpeza técnica de pedras nas áreas externas. Para quem quiser conhecer a qualidade do piso tratado pela Resina, o empresário Luciano Bibancos Rivieri recomenda que se visite o show-room da C&C, localizado na Av. Brasil, em São Paulo. Ali, foi revitalizado um piso do tipo centenário, o que mostra que a empresa, há 12 anos no mercado, “revitaliza áreas nobres sem precisar trocá-las”.

Fale com a Resina Ecológica:
11 – 5052 3733
www.resinaecologica.com.br
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

RESTAURATO

A Restaurato apresenta o diferencial de restaurar e polir pisos de granito, mármore, granilite e pedras em geral com o uso de um maquinário italiano de alto padrão, diz o empresário Geraldo Souza Dias. O processo viabiliza a “recuperação das pedras sem o uso de resina, cristalização ou vitrificação”. O polimento é feito através de processo mecânico e promove “o nivelamento da superfície desgastada e o retorno do brilho natural da pedra”. A empresa faz também rejuntes e polimento de pisos em instalação. Segundo ele, a qualidade dos serviços da Restaurato ajuda a “agregar valor aos imóveis”.

Fale com a Restaurato:
11 – 5579 5297
www.restaurato.com.br
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

TRATAMENTO PISO

Preocupada com a seca em São Paulo, a Tratamento Piso está utilizando equipamento novo para aproveitar a água de reuso do condomínio ou de reuso levada pela própria empresa. Há mais de quatro décadas no mercado, a Tratamento especializou-se na recuperação de pisos antigos, com polimentos agregados à impermeabilização da superfície, afirma o empresário Marcio Garcia. O foco da empresa é tratar áreas internas (granilites, mármores, granitos e ardósia); externas (pedras diversas); e superfícies de garagens, onde faz recuperação e pintura opcional de pisos em Epóxi e/ou poliuretano.

Fale com a Tratamento Piso:
11 – 4063-8895
www.tratamentopiso.com.br
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Matéria publicada na edição - 197 de dez-jan/2015 da Revista Direcional Condomínios