Quinta, 31 Janeiro 2019 00:00

Como a Internet das Coisas (IoT) tem sido utilizada nos condomínios?

A presença da Internet das Coisas (IoT) tem se tornado cada vez mais frequente no dia a dia de pessoas e organizações de todo o mundo, conectando objetos em rede, processando grandes quantidades de informações, executando tarefas sob comando remoto e operando de forma 100% autônoma e online.

Atualmente, essa tecnologia conta com recursos e aplicações desenvolvidos para os mais diversos nichos e segmentos. Para os condomínios, isso não é diferente: eles podem se beneficiar de soluções que elevam os níveis de segurança, reduzem custos e tornam o cotidiano de administradores e condôminos mais prático.

Pensando nisso, ao longo deste artigo, abordamos como a Internet das Coisas (IoT) tem contribuído com o uso de novas tecnologias para os condomínios. Boa leitura!

Quais são as vantagens do uso da Internet das Coisas nos condomínios?

A utilização da Internet das Coisas apresenta inúmeros benefícios, além da conexão direta e do imediato e fácil acesso virtual. Entre as principais vantagens, destacam-se as que seguem.

Redução de custos

Por meio de soluções específicas para acionar a iluminação, limpar piscinas e, até mesmo, controlar o consumo de água, a Internet das Coisas pode gerar reduções significativas de custos para os condomínios.

Um excelente exemplo dessa economia pode ser encontrado nos atuais sistemas de medição via radiofrequência do consumo d'água, que possibilitam aos hidrômetros a capacidade de identificar eventuais vazamentos.

Segurança

A elevação dos níveis de segurança dos condomínios é uma das mais importantes consequências do uso da Internet das Coisas. Sistemas como o de identificação remota permitem controlar o acesso de visitantes.

Há formatos em que tal controle é interligado, por exemplo, com a automação de elevadores, que fazem a chamada e direcionam os convidados automaticamente para o andar que será visitado. Isso gera conveniência, praticidade e, sobretudo, tranquilidade, tanto para os condôminos quanto para os funcionários.

Quais são os principais usos nos condomínios?

Na sequência, confira alguns dos mais relevantes usos da Internet das Coisas (bem como as facilidades decorrentes deles) no cotidiano de síndicos e moradores.

Controle inteligente de iluminação

Conforme mencionado, o controle inteligente da iluminação permite um uso mais simples e prático para o usuário. Tanto que, muitas vezes, nenhuma interferência humana se faz necessária para assegurar o seu correto funcionamento.

A iluminação pode, inclusive, ser personalizada por meio da dimerização. Esse controle permite iluminar ambientes sem desperdiçar energia, empregando somente as quantidades necessárias.

Além disso, o sistema pode acender e apagar as luzes por você, diminuindo, por exemplo, o dispendioso hábito de deixar uma luz acesa ao transitar entre cômodos ou sair de casa.

Controle de entrada

O controle de entrada ajuda a diminuir consideravelmente os riscos associados a falhas e erros humanos, na medida em que evita um contato direto dos funcionários com visitantes e desconhecidos. Adicionalmente, o condomínio passa a não ter que realizar altos investimentos para manter colaboradores trabalhando presencialmente na portaria.

Irrigação automática

Outra excelente forma de utilização da Internet das Coisas se dá no jardim: o solo em que flores e plantas estão pode ser eficientemente monitorado a partir de um sensor de umidade. Caso os níveis de umidade cheguem a um determinado patamar preestabelecido, um comando automático pode ser disparado pelo sistema, ativando a irrigação automática.

Medição remota de caixa d'água

Caso a caixa d'água esteja com um nível baixo, é possível receber notificações de alerta, com uma estimativa do tempo a partir do qual o condomínio ficará sem água. Procedimentos semelhantes podem ser feitos em relação à energia elétrica, influenciando o abastecimento de cada uma das unidades.

Por fim, vale ressaltar que a Internet das Coisas vem se tornando, a cada dia, o "sonho de consumo" de qualquer condomínio. Afinal, a inteligência agregada aos objetos devidamente conectados permite realizar monitoramentos e controles mais eficientemente.

Gostou do artigo? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais e mostre aos seus contatos como as inovações tecnológicas podem ser aplicadas para melhorar a qualidade de vida nos condomínios! Envie-nos email (veja logo abaixo), se tiver qualquer dúvida, entre em contato para conversarmos. Até o próximo artigo!

Eduardo de Souza

Eduardo de Souza

Designer, especialista em tecnologias para condomínio, Sub-síndico e Sócio Diretor de produto/inovação do Organize meu Condomínio, plataforma para gestão de condomínios. Empreendedor digital, há mais de 15 anos pioneiro no desenvolvimento de aplicativos mobile.
Mais informações
: www.organizemeucondominio.com.br
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.