Segunda, 19 Novembro 2018 00:00

Os desafios das administradoras na rotina dos condomínios

Escrito por 

"Além das atividades relacionadas ao dia a dia dos condomínios, como convocação de assembleias, emissão de boletos, cobrança e recebimento de cotas condominiais, pagamento de fornecedores e o gerenciamento das obrigações fiscais, as administradoras estão cada vez mais voltadas à necessidade de formatar novos padrões de comportamento e de estimular boas práticas de convivência."

Nos últimos anos, a transformação digital mudou completamente a forma como nós nos comunicamos, nos locomovemos e nos relacionamos com o mundo. As novas tecnologias também estabeleceram novas formas de comprar, vender ou alugar um imóvel. O mercado de administração de bens imóveis e condomínios, claro, não está alheio a essas transformações e aos efeitos da reinvenção. A cada dia, um serviço diferente, um novo aplicativo e uma novidade alteram a dinâmica dentro dos condomínios. A boa notícia é que as administradoras estão desenvolvendo todas as ferramentas para transformar os complexos desafios da atualidade em oportunidades para se tornarem mais reconhecidas e valorizadas.

Além das atividades relacionadas ao dia a dia dos condomínios, como convocação de assembleias, emissão de boletos, cobrança e recebimento de cotas condominiais, pagamento de fornecedores e o gerenciamento das obrigações fiscais, as administradoras estão cada vez mais voltadas à necessidade de formatar novos padrões de comportamento e de estimular boas práticas de convivência.

Essa necessidade passou a ganhar força a partir da expansão dos empreendimentos construídos com estruturas mais modernas, em alguns casos, com aspectos de gerenciamento tão complexas como cidades. Definir regras, mediar conflitos e agir com senso de justiça exigem da nossa parte uma gestão cada vez mais profissional para acompanhar a evolução do mercado, sobretudo, porque o formato de moradias coletivas ainda é algo novo para parte da nossa sociedade.

Nesse contexto, a Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (Aabic) lançou em agosto deste ano de 2018 a campanha educativa "Condoamigo", iniciativa para estimular a boa convivência entre moradores, prestadores de serviços e empresas administradoras. Mais de 16 mil condomínios em todo o Estado de São Paulo serão impactados por uma campanha que envolverá cartilhas, cursos, vídeos e displays, entre outras ações. A campanha traz temas relevantes para o convívio, como cuidados com idosos, acessibilidade, a segurança em condomínios, além da sustentabilidade ao tratar do uso da água, energia elétrica e reciclagem.

eSocial

Um capítulo que vem somar responsabilidades jurídicas às administradoras é o eSocial, plataforma eletrônica criada pelo Governo Federal para unificar e padronizar o envio de informações fiscais, trabalhistas e previdenciárias das empresas e prestadores de serviços aos órgãos públicos. O novo sistema de autofiscalização exigirá mais planejamento e transparência na gestão, o que aproxima ainda mais as administradoras da rotina dos condomínios. Algumas administradoras chegaram a idealizar cartilhas com os novos procedimentos e passaram a oferecer cursos para síndicos e zeladores, preparando-os para as novas exigências.

Com o aumento da complexidade e da importância das atividades que desempenhamos, a Aabic também está empenhada no sucesso do Programa de Autorregulamentação das Administradoras de Condomínios, o PROAD, idealizado em parceria com o Secovi-SP. O objetivo é certificar empresas especializadas em administração de condomínios, considerando a conduta e os aspectos profissionais, técnicos e de compliance dos serviços prestados. Com o selo do PROAD, as empresas ajudam a difundir as boas práticas de mercado e, consequentemente, a valorizar ainda mais o nosso trabalho.

As administradoras cuidam da qualidade de vida das famílias e dos indivíduos. Também são responsáveis pela segurança e pelo zelo dos interesses patrimoniais. Com os avanços proporcionados pelas tecnologias, crescem também nossos desafios e responsabilidades. Nossa tarefa é incorporar os aprendizados da transformação digital para ampliarmos a confiança dos clientes e, consequentemente, a valorização das nossas atividades.


Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.

José Roberto Graiche Júnior

Advogado e presidente da Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (Aabic).
Mais informações: info@aabic.org.br.

Mais recentes de José Roberto Graiche Júnior


PDF Revista Direcional Condomínios