Matérias

Uma nova lei para as calçadas está para entrar em vigor em São Paulo, Capital, mudando parâmetros construtivos e de multas. Outra lei, a 15.095/2010, sobre geradores a diesel ou biodiesel, levará a Prefeitura a iniciar em 2012 a fiscalização sobre a emissão de poluentes pelos equipamentos instalados nos condomínios. São dispositivos que os advogados costumam classificar como “posturas municipais”, as quais aumentam, exponencialmente, as obrigações legais dos condomínios e têm o síndico como administrador principal.

altA conciliação de conflitos entre moradores de condomínios é uma ferramenta que facilita a vida social, financeira e jurídica de todos. Embora seja considerada como uma nova cultura de gerenciamento, ela já é praticada há eras pelas mulheres da família, mais especificamente pela matriarca do clã.

Chegou a hora da eleição do síndico. Saiba as regras para eleger o novo comandante do condomínio.

O setor imobiliário e a construção das cidades brasileiras têm recebido muita atenção nestes últimos anos. Sempre que a economia melhora, pululam empreendimentos por todos os lados. O setor tem se profissionalizado em todos os níveis, da construção à administração imobiliária. Nesse contexto, o tema condomínios se tornou mais complexo, sua administração compreende hoje um mix de prestação de serviços, de gestão administrativa, de recursos humanos, financeira e da convivência, além de um suporte jurídico especializado.

Pelo 3º ano consecutivo, a revista Direcional Condomínios prestou uma homenagem às síndicas, em função do Dia Internacional da Mulher, que é comemorado em 8 de março. No encontro deste ano, realizado no dia 16 de fevereiro, no espaço de eventos da Livraria Nove Sete, na Vila Mariana, zona Sul de São Paulo, o tema predominante nas conversas foi mediação e conciliação de conflitos. A psicóloga Jussara Rodrigues Sartini, conciliadora voluntária do Tribunal de Justiça de São Paulo desde 2004, conduziu uma palestra e uma dinâmica sobre “A mulher síndica e seu papel na solução de conflitos”.

Conheça os procedimentos que podem levar à destituição do síndico.

As síndicas representam apenas 14% da carteira de condomínios do administrador Marcelo Mahtuk, mas ele diz que há uma tendência cada vez maior à profissionalização das mulheres na função. E vai além: Marcelo prefere administrar com elas, pela maior disponibilidade, atenção, cuidados e paciência que reservam à gestão condominial. Pois é assim, com dedicação e comprometimento, às vezes até certo preciosismo nos detalhes, que as mulheres têm feito diferença nos condomínios, conforme três histórias destacadas nesta edição, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher (comemorado em 8 de março).

Como fazer a transição para uma nova administração quando o síndico é destituído? A convenção prevalece e devem ser avaliadas suas exigências.

Irregularidades na administração, falta de prestação de contas, não administrar convenientemente o condomínio: apesar de complexa, a legislação permite a destituição do síndico. Saiba como e por que.

Empreendimento novo e com cinco torres, o Condomínio Jardins de Tamboré, localizado em Santana de Parnaíba, Grande São Paulo, enfrentou um problema bastante comum hoje. Assim que começaram a se mudar, as unidades localizadas em uma face mais suscetível a ventos fortes, e invasão da água da chuva, não tinham outra opção senão providenciar o fechamento da sacada gourmet. Por isso, os condôminos procuraram a construtora logo que receberam as chaves, em 2009. E ela analisou o cálculo estrutural da obra e constatou que o fechamento era possível, mas com ressalvas: o material não poderia ser muito pesado, uma vez que a laje foi construída sem apoio em colunas.

Pagina 117 de 121