Prevenindo infiltrações

Escrito por 

Para resolver os problemas de infiltração de água é primordial que se conheça os motivos de sua origem. As goteiras, manchas de umidade e outros fatores provocados pelas águas das chuvas, geralmente ocorrem por falhas ou ausência de impermeabilização nas lajes e paredes. A solução é consultar a opinião de um especialista.

A melhor maneira de lidar com esse caso é fazendo a impermeabilização da edificação. O órgão mais indicado para orientar sobre os produtos impermeabilizantes existentes no mercado é o Instituto Brasileiro de Impermeabilização (IBI). Para que a solução não se torne mais uma dor de cabeça é aconselhável procurar uma empresa que seja comprovadamente especializada somente em impermeabilização, tenha o registro do CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) e seja sócia do IBI”.

O processo de impermeabilização é a metodologia adotada por meio da utilização de sistemas impermeáveis, com o objetivo da proteção das construções contra a passagem indesejável de fluidos. É aplicada em todos os locais das construções onde a estrutura esteja ou futuramente estará em contato com a água. O ideal é que a impermeabilização seja projetada juntamente com o imóvel, como é usual nas construções maiores. Nesse caso, um estudo adequado do terreno e das “áreas molhadas” previne futuros desgastes.

Durante as épocas de fortes precipitações pluviais, uma pequena infiltração de água pode ocasionar um enorme problema. Pequenas goteiras, paredes com infiltrações ou lajes encharcadas são alguns dos indícios de que o imóvel está precisando de reparos. A água infiltrada nas paredes e lajes do prédio carrega elementos químicos do concreto, corroendo e oxidando os ferros e enfraquecendo sua estrutura. 

É comum um certo descaso por parte dos síndicos, com este problema. O investimento, nesse setor, sempre está em último lugar na lista de importância. Como não aparece, a maioria das pessoas não se lembra que existe e que é importante, a não ser no momento em que a falta do serviço começa a interferir em suas vidas, ocasionando problemas na estrutura.

Revista Direcional Condomínios 

São Paulo, 2 de novembro de 2009