Solarium - um espaço para relaxar

Escrito por

Prédios que não têm piscina e que carecem de uma boa área de lazer podem optar pela criação de um solarium, espaço onde, além de tomar sol, é possível relaxar.

Um oásis no deserto. Essa poderia ser a definição de solarium, um espaço da edificação voltado para o relaxamento dos moradores. Também dentro dos condomínios é possível transformar uma área mal aproveitada, mesmo que pequena, em um solarium. “Deve ser um local de repouso e prazer, proporcionando uma aproximação com o verde num local aberto, que ocasione uma mudança de espírito no usuário”, reflete a paisagista Flávia Makul Insuellos. Para obter um bom resultado, na opinião da profissional o ideal é que o síndico consulte um profissional especializado – paisagista ou arquiteto paisagista – para fazer o projeto. Para a designer de interiores Flora Cukierkorn, um profissional tem condições de projetar o solarium sem interferir na arquitetura do edifício. “Ele seguirá os padrões estéticos do condomínio, obedecendo inclusive à legislação”, orienta. 

Alguns elementos podem ser usados na construção do solarium para obter um espaço realmente agradável. A paisagista Flávia sugere, por exemplo, a colocação de duchas e de um ofurô ou uma banheira de hidromassagem. “Principalmente se o solarium for instalado na cobertura do prédio é preciso cuidado no projeto, devido ao peso da banheira e à necessidade de um correto escoamento da água. Da mesma maneira, a implantação de um jardim na cobertura deve ser muito cuidadosa, já que espécies inadequadas, com raízes profundas, podem causar danos às instalações hidráulicas do edifício”, explica. 

Para favorecer o relaxamento, o solarium deve ser um local um pouco isolado dentro do condomínio. Pode-se conseguir esse efeito com a vegetação. “Além de deixar o local mais arejado, a vegetação consegue dar mais privacidade às pessoas”, conclui a decoradora Camila Delagatti, do escritório dos arquitetos Alice Martins e Flávio Butti. Para o piso, Camila sugere a colocação de pedras, como as utilizadas em decks de piscinas, que não esquentam e têm preço acessível. A designer Flora recomenda cerâmicas anti-derrapantes no piso e pastilhas nas paredes, para facilitar a manutenção. Flávia Insuellos indica a colocação de duchas, próprias até para pequenos espaços. Quanto aos móveis, todas as profissionais concordam num ponto: conforto é fundamental. São indicadas espreguiçadeiras e mesas com cadeiras reclináveis. Escolha móveis que possam ficar expostos ao tempo e de fácil manutenção, como os utilizados em piscinas. Pequenos detalhes podem tornar o solarium ainda mais charmoso. Se não há verba para o ofurô, pense numa fonte. Além de decorativa, o barulho da água é relaxante. Para que o solarium possa até ser usado à noite, tocheiros podem ser um bonito acessório. 

“Numa noite de verão, eles podem servir para acender velas aromáticas”, comenta a paisagista Flávia.


Matéria exclusiva para site Direcional Condomínios publicada em novembro 2009


Anuncie na Direcional Condomínios

Anuncie na Direcional Condomínios