Mooca, Vila Prudente & Água Rasa: Em conexão com a história brasileira

Escrito por 

Regiões ocupadas por migrantes e imigrantes de bandeiras diversas, e áreas das mais urbanizadas da zona Leste da Capital Paulista, a Mooca, Vila Prudente e Água Rasa compõem um mosaico de culturas, em que se destaca a primeira. Com sotaque paulistano bem característico, nascida há 459 anos em terras indígenas, urbanizada depois de o português Borges de Figueiredo lotear sua fazenda e, logo então ocupada por milhares de italianos, a Mooca ainda mantém traços de toda essa herança, que se revela pela hospitalidade.

A síndica Angela Orefice, do Condomínio Edifício Monterrey, simboliza bem esse enredo. Nascida na Itália há 73 anos, imigrou menina para o Brasil e hoje circula pelo bairro com a desenvoltura de quem achou seu lugar e estabeleceu com ele uma relação de alma gêmea. Ao receber a reportagem da Direcional Condomínios para falar da Mooca, Angela reuniu a família (o marido Luiz e a neta Mariana) na cozinha, onde preparou o almoço. Afinal, é neste ambiente que se materializam a cultura e as tradições, que se formam laços sociais e de amizade; dele se extrai um dos principais legados da Itália na formação da diversidade brasileira.

Mas como acontece em toda cidade, a Mooca passa por intenso processo de verticalização: terrenos de antigas indústrias dão lugar a condomínios residenciais e comerciais contemporâneos, que se mesclam a alguns dos ícones locais, como o Estádio Conde Rodolfo Crespi, da Rua Javari (construído em 1929, palco dos jogos do Clube Atlético Juventus, o “moleque travesso”); a Igreja de São Rafael; e a Confeitaria Di Cunto, casa das mais antigas em atividade na cidade, nascida no final do século XIX, reinaugurada em 1935 pelos herdeiros do pioneiro Di Cunto, e comandada hoje por filhos e netos.

A partir deste miolo central se estendem regiões mais nobres, como o Parque da Mooca e o Alto da Mooca, que abrigam o Clube Juventus, o Teatro Arthur Azevedo (reformado e reinaugurado pela Prefeitura neste ano), o Parque da Sabesp e o shopping center do bairro. Quem quiser entender um pouco mais dessa trajetória, deve visitar o Museu da Imigração (Rua Visconde de Parnaíba, 1316; tel. (11) 2692-1866; www.museudaimigracao.org.br.). Ele ocupa as belas e amplas instalações da antiga Hospedaria de Imigrantes, que entre 1887 e 1978 recebeu 2,5 milhões de pessoas de 70 nacionalidades que aportaram no Brasil.

VILA PRUDENTE, ZELINA & ÁGUA RASA

A síndica Margarete Zanetti Alvarez enviou esta imagem tirada de uma das janelas de seu prédio, o Edifício Ideali, localizado no Parque Vila Prudente. O lugar foi urbanizado por lituanos e brasileiros de outras cidades paulistas e estados, passa por mudanças, especialmente desde a chegada do metrô da Linha Verde, e mantém relações com os paulistanos Tatuapé e Mooca e os vizinhos São Caetano do Sul e Santo André.

 

Matéria publicada na edição - 207 de nov/2015 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.