Missão da zeladoria propostas a um condomínio: Responsabilidades, competências individuais e atividades

Escrito por 

Responsabilidades

  • Fiscalizar as áreas de uso comum dos condôminos ou inquilinos;
  • Zelar pelo sossego e pela observância do Regulamento Interno e da Convenção do Condomínio;
  • Zelar pela segurança do condomínio, de seus ocupantes e demais pessoas que frequentam o mesmo;
  • Zelar pelo perfeito funcionamento dos sistemas elétricos, hidráulicos e de elevadores;
  • Garantir os controles de acesso de pessoas, veículos e mercadorias;
  • Manter bom relacionamento com os moradores do condomínio;
  • Comunicar ao síndico ou à Administradora quaisquer irregularidades ocorridas no condomínio;
  • Comunicar aos setores públicos competentes quaisquer irregularidades que ocorram próximas ao condomínio e que, eventualmente, possam ocasionar prejuízos ou danos ao imóvel ou moradores;
  • Garantir a execução das atividades do “Calendário Anual de Atividades”;
  • Garantir/inspecionar a prestação dos serviços terceirizados (Portaria e Limpeza) e reportar eventuais irregularidades ao síndico ou à Administradora;
  • Garantir o abastecimento de água para todo o condomínio, através de inspeções das eletrobombas.

Atividades da Função

  • Verificar o funcionamento do sistema de iluminação, telefonia, elevadores, central de alarmes, portões automáticos, sirenes e demais equipamentos ligados à segurança do condomínio;
  • Inspecionar e garantir a disponibilidade do sistema de segurança (câmeras, circuito, cerca elétrica, gravação etc.);
  • Manter atualizada e controlada a lista de equipamentos de segurança contra incêndios (validade do equipamento, recargas, tipo de extintor etc.);
  • Realizar mensalmente a vistoria das baterias de alimentação do sistema de luzes de emergência;
  • Manter a boa aparência e organização das garagens;
  • Manter as salas e depósitos fechados, limpos e organizados;
  • Inspecionar e garantir os níveis de estoques de materiais e insumos para o abastecimento do condomínio (Por exemplo, lâmpadas, materiais de obras, materiais para pintura, produtos de limpeza da piscina etc.);
  • Providenciar, em caso de constatação de defeito em algum equipamento, empresa para reparar o problema;
  • Responsabilizar-se pelas ferramentas necessárias aos consertos e manutenção;
  • Garantir a retirada dos reciclados pelas instituições;
  • Acompanhar mudanças que chegarem ou saírem do condomínio, de modo a preservar as instalações do mesmo;
  • Acompanhar e fiscalizar serviços de reparo e manutenção das partes de propriedade comum do condomínio, suspendendo o trabalho dos mesmos em caso de irregularidades;
  • Efetuar pequenos reparos nas áreas comuns;
  • Efetuar pequenas obras nas áreas comuns;
  • Inspecionar/reportar o Livro de Ocorrências de condôminos e de portaria;
  • Monitorar/responder e-mails da conta exclusiva do condomínio;
  • Receber, analisar e responder às reclamações dos condôminos, juntamente com o síndico;
  • Controlar notificações emitidas através de planilha Excel;
  • Garantir o correto arquivamento de todos os documentos do condomínio (fichas de cadastro, balancetes, contratos, cotações etc.);
  • Garantir a atualização do cadastro de moradores (planilhas Excel ou sistema informatizado) e atualização de e-mails dos moradores na lista de contatos da conta de e-mail;
  • Garantir a atualização da lista de moradores para Portaria (planilhas Excel ou sistema informatizado);
  • Garantir a distribuição correta das taxas de condomínios a todos os condôminos no prazo;
  • Controlar documentos recebidos/enviados através dos malotes da administradora através de protocolos;
  • Realizar pequenas cotações, reportando-as ao Síndico e à Administradora;
  • Controlar todos os comunicados/classificados dos quadros de aviso do condomínio;
  • Coordenar todos os materiais necessários para as campanhas de doação e posterior empacotamento e endereçamento às Instituições;
  • Controlar planilhas de reciclagem (peso, quantidade) através de planilhas Excel;
  • Controlar livros de reservas dos Salões de Festas e Churrasqueira.

Qualidades do Bom Zelador

  • Ser dedicado, cortês e atencioso;
  • Ser prestativo dentro dos limites do regulamento interno;
  • Ser ético;
  • Ser discreto e evitar comentários da vida particular dos moradores;
  • Ser solícito para com todos (tratar bem as crianças, moradores e empregados);
  • Ser equilibrado emocionalmente;
  • Ser criativo;
  • Ser enérgico na vigilância e cumprimento das normas e procedimentos pré-estabelecidos;
  • Ter resistência física, boa visão e audição;
  • Ter capacidade de organização e boa memória;
  • Ter voluntariedade e iniciativa;
  • Apresentar-se sempre bem-humorado, sem ser inconveniente, limpo, barbeado e uniformizado;
  • Observar postura condizente com o cargo, mantendo-se em posição decente;
  • Manter harmonia coletiva dentro do condomínio;
  • Saber ouvir os outros.

Matéria complementar da edição - 220 de fev/2017 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.