Condomínio Saint Honoré: A recuperação de um marco da Av. Paulista (SP)

Escrito por 

Quem está começando os trabalhos de recuperação estrutural e revitalização das fachadas é o Condomínio Edifício Saint Honoré, marco da arquitetura de São Paulo construído na Av. Paulista entre o final dos anos 50 e princípios de 60 por João Artacho Jurado.

O Eng. Carim Atala junto às fachadas no fundo do Saint Honoré. Na foto à esq., parte da fachada para a Av. Paulista. À direita, estado de deterioração da alvenaria

Com três blocos, 25 andares e 117 unidades, a edificação apresenta varandas com jardineiras em toda sua extensão, que terão que ser impermeabilizadas e recuperadas uma a uma, afirma o engenheiro civil Carim Atala, responsável pela obra.

Segundo ele, além de restaurar a ampla superfície (20.916 m2) e os detalhes das fachadas, a obra traz outro grande desafio: o afluxo de pessoas na vizinhança exige a instalação de um bom sistema de proteção em torno do prédio, o que leva tempo. As paredes do Saint Honoré são em argamassa revestidas com massa de mármore Travertino. O restauro começou em fevereiro passado e deverá prosseguir até o final de 2018, com um orçamento de R$ 1,6 milhão, financiado em 40 vezes pela própria empresa de engenharia.

Matéria publicada na edição - 225 de julho/2017 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.