Copa do mundo no condomínio: saiba como disponibilizar TV e internet nas áreas comuns

Escrito por 

Antes de pensar na festa coletiva, os síndicos precisam avaliar se a estrutura de rede para acesso aos canais de televisão e à internet estará funcionando plenamente nas áreas comuns, além de avaliar a possibilidade de disponibilizar o serviço aos moradores. O analista de sistemas e consultor João Carlos Bezerra de Sousa comenta abaixo algumas alternativas presentes no mercado.

Direcional Condomínios – Como disponibilizar rede WI-FI nas áreas comuns (academia, quadra, churrasqueira, salão de jogos, de home theater, espaço gourmet etc.)?

João Carlos B. Sousa – O condomínio precisará fazer uma rede de internet e poderá ainda compartilhar alguns serviços com os moradores, como disponibilizar um ponto para cada unidade. Para isso, o síndico precisará de, no mínimo, dois links para acesso à internet, fazendo balanceamento de carga. Assim, todas as unidades vão ter acesso à rede local através do servidor do condomínio, e também poderão ter acesso ao CFTV do condomínio.

Direcional Condomínios – Quais as vantagens e desvantagens do serviço?

João Carlos B. Sousa – A principal vantagem está na economia para os moradores, que terão um custo mensal baixo para acessar a internet, cerca de R$ 20,00, contra pelo menos R$ 50,00 que eles gastariam, individualmente, na contratação de uma operadora convencional. Já a desvantagem é o valor inicial de implantação, em torno de R$ 400,00 por condômino.

Direcional Condomínios – Que tipos de cabeamento e roteadores são necessários?

João Carlos B. Sousa – Com o avanço da tecnologia de rede, temos várias soluções para o acesso à internet, como o cabo UTP, a rede elétrica e o WI-FI. Acredito que este seja menos invasivo aos condomínios, por ser de fácil instalação e dispensar a necessidade de cabeamento. Para a rede WI-FI coletiva, é preciso um servidor e um roteador central, além de roteadores individuais em cada unidade, equipamentos inclusos no investimento de cerca de $ 400,00 por unidade. Mas os equipamentos que serão utilizados dependem muito do projeto, e cada projeto, por sua vez, dependerá da área de cobertura do sinal.

Direcional Condomínios – Como garantir bom sinal de TV?

João Carlos B. Sousa – Com a disponibilização do sinal da TV digital, que é aberto, em alta definição e que conta com perto de 34 canais, acredito que não exista hoje necessidade de o condomínio arcar com o custo de um pacote de TV por assinatura.

Matéria publicada na edição - 187 de fev/2014 da Revista Direcional Condomínios