Renda extra e lives mobilizam residencial da zona Sul de SP

Escrito por 

Uma live promovida pela síndica Patrícia Branco a partir do salão social do Condomínio Parque Residencial Nossa Senhora do Sabará, para celebrar a Festa Junina, conseguiu mais de mil visualizações na rede social por meio da qual foi transmitida ao vivo, entre 16h30 e 18h30 de 27 de junho último.

Síndica Patrícia
Branco

Síndica Patrícia Branco: Eventos on-line e delivery, de caráter solidário, geram renda extra aos moradores

A própria gestora se encarregou de filmar a apresentação da dupla Igor e Ricardo, com o apoio técnico do conselho. O objetivo principal foi o entretenimento, no entanto, Patrícia tem aproveitado os eventos para estimular o comércio entre os moradores das 756 unidades do condomínio situado na zona Sul de São Paulo, criando oportunidades de renda.

O caráter solidário se tornou mais forte nessas iniciativas com a quarentena, afirma a síndica. “O condomínio se mobilizou para ajudar a quebrar o impacto do distanciamento, em um misto de diversão, socialização e solidariedade. Agora as pessoas estão começando a relaxar um pouco mais, se sentem mais tranquilas, mas no momento da live, por exemplo, estavam solitárias. Temos muitos moradores que vivem só. E há o aspecto socioeconômico embutido quando procuramos ajudar os condôminos que tiveram contrato de trabalho suspenso ou reduzido. Por isso, na ‘festa junina’, doze moradores venderam comidas e bebidas típicas aos vizinhos, isso os ajudou bastante. Eles foram cadastrados previamente e os pedidos eram feitos pelo aplicativo de mensagens do celular. O condomínio pagou o músico, é uma forma de colaborar, temos que dar alguma contrapartida a eles”, defende Patrícia.

O Residencial Nossa Senhora do Sabará possui um terreno amplo, de 43 mil m2, e costuma realizar bailes de Carnaval, Festa Junina e de Natal, atividades para o Dia das Crianças, torneios de dominó e bilhar, festivais gastronômicos nas demais datas comemorativas. Porém, segundo a gestora, encontros presenciais estão “fora da agenda de 2020”, os últimos foram os bailes de Carnaval e o festival de food truck para celebrar o Dia Internacional da Mulher. Novas lives deverão ser promovidas na época do Natal. “Circulam em torno de três mil pessoas no condomínio e tivemos doze moradores com Covid-19”, justifica.

Algumas áreas comuns têm sido liberadas seguindo protocolo de distanciamento social, marcação de horário (como para o uso da academia), mas a síndica diz que faz parte do grupo de moradores mais conservadores e zelosos nos cuidados contra o novo Coronavírus. De qualquer forma, o condomínio sempre deixou liberado um setor de seu centro comunitário denominado “espaço zen” (para uso de uma unidade por vez) e, em agosto, autorizou o consumo de produtos nas mesas de uma ampla área aberta (comercializadas por um empório instalado no residencial), conforme o modelo adotado pela Prefeitura e o Governo Estadual para bares e restaurantes.


Matéria publicada na edição - 260 - setembro/2020 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.