Fora da cartilha, campanhas agregam saúde e solidariedade

Escrito por 

Os interesses coletivos vão além do que preconiza a legislação. Síndicos colocam a criatividade em ação para ativar iniciativas do “bem”, mesmo que isso agregue novas tarefas à sua atribulada agenda.

É o caso de campanhas do agasalho, de coleta de brinquedos e alimentos, de estímulo ao uso do comércio local, de networking entre os moradores, de vacinação e até doação de sangue. No Condomínio Residencial Nossa Senhora do Sabará, a síndica Patrícia Branco organizava em outubro passado uma campanha de doação de sangue, depois de ter promovido no ano uma de vacinação contra a gripe (em parceria com clínica particular) e o sarampo (via UBS da Vila Arriete). “Já em 2019 tivemos vacinações pontuais contra o sarampo; conforme os casos eram notificados, a equipe da Prefeitura realizava a imunização por bloco. E fizemos a campanha da febre amarela, também via UBS”, relata.

Para a campanha de doação de sangue - sua terceira iniciativa no Sabará, as anteriores foram em 2016 e 2017 –, Patrícia precisava atingir um mínimo de 100 doadores, de forma a justificar a montagem da estrutura do banco de sangue no local. “O condomínio não é só onde está a minha casa, mas um ambiente promotor de bem-estar”, defende a síndica. O residencial Nossa Senhora do Sabará possui 14 prédios e 756 unidades; está localizado na zona Sul de São Paulo.


Matéria publicada na edição - 262 - nov-dez/2020 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.