Saiba como o síndico pode economizar energia na iluminação

Escrito por 

Projetando-se o consumo mensal de dez pontos de luz do condomínio ao longo do mês, síndico observa que economia pode chegar a R$ 88 na substituição de lâmpadas antigas pelas de tecnologia moderna.

A conta de luz de um condomínio nem sempre apresenta um número simpático e, na área da iluminação, temos novas tecnologias sendo introduzidas. Mas vale aqui um princípio básico: Se quer mesmo economizar, instale equipamentos economizadores onde mais se usa!
A forma de se calcular o quanto uma lâmpada consome é simples:

  1. Verifique a indicação da potência da lâmpada, em Watt (W). Observe que, às vezes, nas embalagens aparece a expressão “Equivalente a 60W”. Mas não considere este valor. Considere os W nominais do produto, que deve ser indicado claramente pelo fabricante;
  2. Uma vez escolhida a lâmpada mais eficiente (em geral, mais cara), vem a pergunta: “Qual o local prioritário para instalá-la?”.

Resposta: Onde ela ficará mais tempo acesa! A razão disto é que a energia consumida por qualquer equipamento elétrico é calculada pela fórmula “potência” X “tempo”. O valor resulta em Wh (watt-hora).

Exemplo: Uma lâmpada de 60W, ligada 10 horas por dia, 20 dias por mês, consumirá 12.000 Wh ou 12 kWh.
Tomando como valor de referência R$ 0,33/kWh, temos que esta lâmpada custará cerca de R$ 4 por mês para ficar acesa! Veja em sua conta de luz quanto você paga por kWh e faça os cálculos.

  1. Assim, para que se faça um investimento correto, inicie a modernização do sistema de iluminação de seu condomínio pelos pontos que ficam mais tempo acesos.

 

Exemplo: Existem 10 pontos de luz ligados 24 horas por dia, com lâmpadas de 40W. Se você substituir estes pontos por lâmpadas LED de 3 W, será que a troca valerá a pena? Façamos os cálculos:
Situação 1: Com as lâmpadas antigas
Consumo = 10 pontos X 24 h X 30 dias por mês X 40W = 288 kWh.
Se tomarmos como base R$ 0,33/kWh, seu custo mensal real será 95 reais.
Situação 2: Com as lâmpadas modernas
Consumo = 10 pontos X 24 h X 30 dias por mês X 3 W = 22 kWh. Ou seja, em valores nominais, equivalem a R$ 7 por mês de consumo.
Neste caso, o uso de lâmpadas modernas trará uma economia mensal de cerca de R$ 88!

Faça sua pesquisa de preços, escolha uma boa marca e... boa economia!

Carlos Reganati é engenheiro eletricista com passagem nas áreas de projetos de equipamentos de distribuição e geração de energia, bem como na área de Marketing e Engenharia de Aplicação da Osram (Grupo Siemens). Atua como síndico do Condomínio Edifício Castel de Padova, localizado em São Paulo (SP). 

Mais informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

São Paulo, 7 de julho de 2014