Quarta, 18 Julho 2018 00:00

Certificação cria nível de referência em conhecimento técnico e de gestão para o síndico profissional

Por

Reconhecida pela Fundação Vanzolini e supervisionada por professores universitários, a avaliação exige um mínimo de 80% de acerto para aprovação.

Dentre as novas profissões que surgiram no mercado de trabalho na última década, uma das que mais têm registrado destaque e crescimento é a de síndico profissional. A expansão imobiliária das grandes cidades, a crise no mercado de trabalho e salários bastante atrativos despertam o interesse cada vez maior em profissionais de se especializarem na administração de condomínios.

Por outro lado, junto ao crescimento do mercado, surgem "profissionais" sem capacitação, despreparados para a função e que prejudicam a imagem de toda a categoria.

Por conta disso, foi desenvolvida a Certificação "Síndico 5 Estrelas", com reconhecimento da Fundação Vanzolini e que visa criar um nível de referência em conhecimento técnico e de gestão para os profissionais que pretendem exercer a função de síndico profissional. "Oficializar esse reconhecimento de capacitação é um meio de garantir que o profissional esteja apto, permitindo aos condomínios terem a certeza de que o contratado possui as habilidades e conhecimentos necessários para desenvolver o trabalho exigido", explica o administrador de empresas especializado em gerenciamento de condomínios, Ricardo Karpat.

De acordo com Karpat, que é o idealizador do projeto, existem muitos cursos para formação de síndicos profissionais, porém, este apresenta uma prova final que atesta a capacitação do candidato. A avaliação é similar à de provas vestibulares, consistindo em 80 questões de múltipla escolha e redacional, abordando temas variados do universo condominial, tais como: gestão empresarial, gestão financeira, de recursos humanos, legislação, segurança, política de sustentabilidade, entre outras.

"As questões de múltipla escolha serão avaliadas automaticamente por sistema de computador, alimentado com o gabarito da prova. As questões dissertativas serão corrigidas por dois professores universitários – os mesmos que realizam avaliações nos vestibulares de universidades federais – valendo a média da nota entre eles. Se houver diferença de mais de 1,5 pontos entre as notas, o Coordenador do Programa definirá a nota final", resume Ricardo Karpat.

Para obter o certificado, o candidato precisará atingir um mínimo de 80% de acerto nos testes de múltiplas escolhas, bem como o mínimo de 25% de acerto por disciplina, além de ser aprovado na prova redacional.

"Identificamos essa necessidade de criar um referencial para o segmento. Aos poucos, a profissionalização tem tomado grande parte dos empreendimentos espalhados pelo país e não podemos permitir que a falta de conhecimento de uma parte dos que atuam seja prejudicial a toda a categoria", afirma.

A Fundação Vanzolini é uma instituição privada, sem fins lucrativos, criada, mantida e gerida pelos professores do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). É um centro de referência internacional em temas de destaque para as empresas privadas e para entidades do setor público que buscam alcançar e manter padrões elevados de desempenho.