Sexta, 30 Novembro 2018 00:00

IBAPE/SP celebra Dia do Síndico ressaltando trabalho preventivo

Por

Entidade destaca a importância do profissional no desenvolvimento de ações preventivas e de manutenção em prédios e condomínios.

Representante mor da organização e regulação de edifícios e condomínios, o síndico celebra sua data nesta sexta-feira, dia 30 de novembro. Normalmente cabe a esses profissionais convocar assembleias, fazer cumprir a convenção e o regimento interno, elaborar o orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano, dentre outras funções. Contudo, outro trabalho importante exercido por eles é se atentar aos cuidados e ações preventivas tanto nas instalações das edificações, quanto conciliando e intermediando conflitos entre moradores.

O IBAPE/SP (Instituto Brasileiro de Perícias de Engenharia de São Paulo) observa que o trabalho do síndico na inspeção e fiscalização da estrutura dos prédios pode ser fundamental para a prevenção de acidentes que podem facilmente ser precavidos.

Uma rotina de inspeção predial, solicitada e acompanhada pelo síndico, deve seguir as normas técnicas já estabelecidas como, por exemplo, a do IBAPE/SP (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de São Paulo) para detectar e documentar falhas e/ou anomalias de um edifício. E se detectado algum problema o síndico deve contratar profissionais capacitados, afim de elaborarem os projetos pertinentes e acompanharem as obras necessárias após ser definido exatamente o escopo do pretendido.

Ambiente que também exige atenção, a garagem deve ter inspeções frequentes dos síndicos para verificar possíveis infiltrações. Outra questão conflitante se dá no uso das vagas, em que o profissional em visitas rotineiras pode avaliar como estão sendo estacionados os carros para que os espaços estabelecidos sejam respeitados e conflitos possam ser minimizados ou antecipados.

Na área de lazer (playgrounds, piscinas, brinquedoteca, salão de jogos), o cuidado e manutenção também são fundamentais, com o síndico zelando pelo bom uso desses espaços facilitando para que eles tenham vida longa.

O síndico destaca-se então, como fiscal principal das áreas comuns dos edifícios, incumbido de tanto reforçar o cuidado delas para os moradores, quanto designar profissionais capacitados caso seja detectado um problema necessite ajuste.



PDF Revista Direcional Condomínios