Terça, 12 Maio 2020 00:00

Coleta seletiva de resíduos aumenta durante pandemia em SP

Por

Em abril, houve queda de cerca de 49% nos dados de varrição, 12% na coleta comum de resíduos e aumento de 23% na coleta seletiva na Capital Paulista, conforme dados divulgados pela Prefeitura.

Em decorrência do menor volume de resíduos nas ruas durante a pandemia, já que a população cumpre a quarentena em casa, a Prefeitura de São Paulo informa que, no mês de abril, houve uma queda de aproximadamente 49% nos dados de varrição, queda de 12% na coleta comum de resíduos e aumento de 23% na coleta seletiva. Os dados são da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb).

O serviço de coleta domiciliar comum, que inclui atendimento às residências e estabelecimentos comerciais pequenos geradores (que geram até 200L/ dia), tiveram uma redução de 12% nos quantitativos. Em abril deste ano foram coletadas 276,7 mil toneladas de resíduos, enquanto no mesmo período de 2019 foram coletadas 313,1 mil toneladas. Estima-se que essa redução se deva ao fechamento temporário de serviços presenciais não essenciais no município. A Prefeitura continua operando normalmente todos os serviços de coleta de resíduos na cidade de São Paulo - comum, seletiva e varrição.

Por outro lado, a coleta seletiva chegou a crescer 23% no mês de abril, em relação ao mesmo período do ano anterior. Em abril deste ano foram coletadas 7,9 mil toneladas de recicláveis, enquanto no mesmo período em 2019 foram recolhidas 6,4 mil toneladas.

Em abril deste ano foram coletadas 3,6 mil toneladas de resíduos de serviços de saúde, enquanto no mesmo período de 2019 foram recolhidas cerca de 3 mil toneladas. Esses dados incluem a coleta de grandes geradores de saúde (como hospitais e clínicas) e de pequenos geradores de saúde (dentistas, clínicas de estética, estúdios de tatuagem, entre outros). Estima-se que com o fechamento de pequenos geradores de saúde, haja um maior equilíbrio entre uma possível maior geração de resíduos em grandes geradores de saúde. O mês de março foi estável, considerando que em 2019 foram coletadas 3,4 mil toneladas e 3,3 mil toneladas este ano.