E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Interdição ocorreu no final da tarde de terça-feira, dia 19/2/2019. Até a quinta-feira, dia 21/2, engenheiros da construtora não tinham apresentado laudos técnicos que, segundo a empresa, comprovariam estabilidade das duas torres do condomínio. Moradores tiveram de deixar as residências de forma repentina e poucos conseguiram sair com malas de roupas.